tag-header Dores de cabeça constantes podem estar ligadas a diversas causas - HSL - Hospital São Lucas da PUCRS

Dores de cabeça constantes podem estar ligadas a diversas causas

A dor é comum, mas pode apontar para eventuais necessidades de tratamentos

 

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cefaleia, 95% das pessoas têm dor de cabeça pelo menos uma vez na vida. A cefaleia, nome técnico para dores de cabeça, é um dos sintomas comuns para diversas questões fisiológicas. A maior parte das causas das dores de cabeça não colocam em risco a vida dos pacientes, mas, geram um grande incômodo.

A neurologista do Hospital São Lucas da PUCRS Dra. Vanise Grassi afirma que, por causa desta dor, é possível ficar sem efetuar as práticas diárias. "As dores de cabeça acarretam o que chamamos de incapacidade funcional, ou seja, coloca o paciente em situação de incapacidade para realizar as suas tarefas diárias, trazendo dificuldades de concentração, socialização e produção", explica. 

O principal sintoma da doença enxaqueca são as dores de cabeça constantes. A doença se manifesta por crises repetidas que afetam diversas regiões da cabeça, muitas vezes trazendo a sensação de pulsação no interior da crânio. Essas crises podem acarretar dificuldades de movimentações simples e agravamento no quadro, gerando outros sintomas como enjoo, vomito, sensibilidade à luz e aos cheiros.

Para chegar a um diagnóstico da doença, o paciente deve sempre marcar uma consulta com o neurologista, médico que pode diagnosticar a partir dos sintomas e exames de rotina a real causa do desconforto.

Após o diagnóstico, como melhorar?

Vanise ressalta que é possível mudar os quadros de enxaqueca através de vários hábitos simples que começam com mudanças no estilo de vida, com práticas mais saudáveis no dia a dia. Ela ainda ressalta que os principais aliados na diminuição do dor são tratamentos medicamentosos preventivos, que diminuem a intensidade das crises e a sua frequência. "São necessário também tratamentos para casos agudos que cortarão o episódio de cefaleia quando ele acontece". 

A partir de uma avaliação neurológica, é possível entender o caso e trazer a melhor solução para cada paciente.

A neurologia do Hospital São Lucas da PUCRS possui, além de todos os tratamentos farmacológicos oferecidos através dos especialistas, procedimentos minimamente invasivos, como bloqueio anestésicos de nervos e aplicação de toxina botulínica em casos de enxaqueca crônica.

Se você sente dores de cabeça com uma frequência mínima de uma semana, consulte com um dos nossos especialistas em neurologia e obtenha o seu diagnóstico para uma vida mais saudável e sem desconfortos.