tag-header Dezembro laranja - HSL - Hospital São Lucas da PUCRS

Dezembro laranja

Mês de conscientização da prevenção ao câncer de pele

O dezembro laranja é uma ação criada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SDB), visando conscientizar a população em relação ao câncer de pele, alertando sobre os sintomas e reforçando sobre as medidas de fotoproteção, como é o caso do uso do filtro solar diariamente.

Com a chegada do verão, a exposição ao sol aumenta e com isso a ação cumulativa da sua radiação. Com o tempo, as alterações geradas pelos raios UV aumentam o risco de desenvolver câncer de pele. Este tipo corresponde a 33% dos diagnósticos de câncer no Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), a cada ano são registrados, cerca de 185 mil novos casos no país.

A doença é provocada pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. E o tipo de câncer depende de qual tipo de célula é afetada. Os mais comuns são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares. Estes tumores geralmente se desenvolvem em regiões mais expostas ao sol, como: cabeça e pescoço (basocelular) e rosto, orelhas, lábios, pescoço e no dorso da mão (espinocelular). Não se pode esquecer do mais grave deles, chamado de melanoma.

De acordo com o relatório da SBD, 62,59% das pessoas com diagnóstico de câncer de pele não utilizavam o protetor solar (fotoprotetor). Conforme alerta a Chefe do Serviço de dermatologia do Hospital São Lucas da PUCRS, Dra. Clarissa Prati, “Não exponha sua pele diretamente entre às 10h às 15h e utilize fotoprotetor todos os dias.” Estas são algumas das medidas de prevenção ao câncer de pele. Assim como “Outras medidas físicas são extremamente importantes, como: Roupas, chapéus de aba larga e óculos com proteção UV.” Complementa a especialista.  Além disso, busque se manter na sombra e proteger a pele sensível das crianças.

Os principais sintomas do câncer de pele são: lesões que nunca cicatrizam nas áreas mais expostas ao sol, que sangram e sinais ou pintas que mudam de tamanho, formato ou cor.

O diagnóstico precoce é a melhor forma de cura.  Em caso de suspeita, entre em contato com o Serviço de Dermatologia do Hospital São Lucas da PUCRS e agende a sua consulta com um dos nossos especialistas.